23 de out de 2015

Resenha: Alma Vampira


Titulo: Alma Vampira
Autora: Ju Lund
Nº de páginas: 200
Editora: Avec
Classificação: 5/5
Duda enfrenta novos desafios, sem memórias vive uma rotina nova ao lado da família, dos semeadores e de um possível novo amor. Esther não suporta a realidade e, num ato extremo, transforma a vida de Duda para sempre deixando sua alma ainda mais perdida. Duda, confusa, perambula entre dois mundos até que se sente obrigada a tomar uma grande decisão para seu futuro. Por amor vale tudo e até onde podemos ir em seu nome?

 *Pode conter Spoiler de Doce Vampira

Após o final impactante de Doce Vampira, em Alma Vampira o inicio se dá exatamente onde o anterior termina.

Duda foi capturada pelos semeadores e sua memória distorcida, tudo o que envolvia Esther ou aconteceu nos ultimos meses, ficou em canto escondido em sua mente. Enganada por sua família Duda aprende a temer e odiar os vampiros, abominando-os.
Esther esta impaciente e desesperada por ter que ver sua amada confusa, e repelindo-a, ela se sente no dever de ajuda-la, então Esther toma uma decisão não só por ela mas por Duda também.

Sobre os personagens:
Eu senti que Esther está diferente, talvez porque antes não sabíamos nada sobre sua mente, em Doce Vampira ela narra alguns capítulos, e sabemos assim os seus reais sentimentos.

A escrita da autora continua envolvente, logo a leitura flui rapidamente, e quando chegamos ao final ansiamos por mais, pois mais uma vez a Ju nos parou na melhor parte.

O livro continua tratando sobre a diferença de raças, sobre a distância que existe, e está cada vez maior, entre vampiros e humanos. Mas, o modo como a Ju passa esse racismo pode ser ampliado a qualquer tipo de preconceito.

Enfim, uma continuação muito desejada que deixou mais desejo ainda de uma nova continuação, cheio de mistérios, escolhas e descobertas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário