22 de out de 2015

Resenha: Intergalática


Titulo: Intergalática
Autor: F. P. Trotta
Nº de páginas: 279
Editora: Livros Ilimitados
Classificação: 5/5

Uma conspiração para controlar o rumo da mais importante expedição espacial da história da humanidade. 3 de Maio de 2031 - No dia de lançamento da aguardada expedição da NASA para explorar a lua de Júpiter, uma das candidatas para habitar vida extraterrestre, a psiquiatra Amanda Collins acorda de um coma após meses batalhando contra uma meningite aguda.
Junto com seus pacientes Stryker, Ripley e sua amiga Lina, eles descobrem que fazem parte de um crescente quebra-cabeça envolvendo uma corporação geopolítica underground chamada A Firma, que planeja sabotar a missão, usufruindo de uma nova tecnologia para saquear a nave e destiná-la para um planeta habitável localizado dezessete anos luz da Terra. O quarteto então inicia uma operação para descobrir a verdade por trás da conspiração, mergulhando de cabeça na maior expedição planetária da história da humanidade.
 Uma expedição será em breve enviada à Europa, a lua de Júpiter, com o propósito de encontrar algum tipo de vida. Entretanto, Oswald, pai de Amanda, tem planos que vão muito além de simplesmente encontrar vida em outro lugar. Amanda, Linda, Ripley e Striker se juntam no objetivo de destruir a Firma, deixando, assim, a antiga vida deles para trás para salvar a humanidade

Os personagens principiais são basicamente quatro:
Amanda é uma psiquiatra, ela é muito inteligente, corajosa, determinada, ela não perde tempo com magoas, gostei muito do nome dela(rs). Os outros três personagens principais são Lina, Stryker e Ripley, todos com sua personalidade, elenco realmente marcante, apesar de não sabermos muito de seus passados. Enquanto as três garotas são mais impulsivas, Stryker é sempre o último a aceitar qualquer decisão tomada.
E claro, Oswald pai de Amanda é o líder da Firma, uma pessoa inteligente e cheia de poder, mas que usa essas qualidades para o mal.

Os cenários e personagens do livros são muitos ricos. Intergaláctica tem uma escrita repleta de cenas de ação - que me lembrou o meu predileto Dan Brown - a leitura é entusiasmante e o leitor quer se entregar mais a esse mundo.

O final é surpreendente, digno de um final de ficção cientifica.Intergaláctica nos mostra que talvez não estamos sozinhos no mundo, que podem sim existir outros planetas com vida e muito mais evoluído do que o nosso. Enfim, Intergalática é um livro indicado para todos e principalmente para os amante de Ficção Cientifica.

4 comentários:

  1. Ansiosa por ler;)

    5booksandme.blogspot.fr

    ResponderExcluir
  2. Olá, acho que ainda não li nada do gênero, ficção cientifica não é a minha praia, mas esse livro parece ser bom ;)

    Beijokas da Quel ¬¬
    http://literaleitura2013.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Amandinha, adorei a resenha. E só vejo gente babando neste livro, mas não é muito minha praia :/
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Quanto coincidência, estou terminando de ler este livro! Ele é realmente muito bom né? Em breve terá resenha lá no meu blog, e parabéns ao seu. \o/

    http://www.decidindose.com

    ResponderExcluir