18 de abr de 2016

Resenha: Ailla e o luferino


Titulo: Ailla e o Luferino
Autor: RCA
Páginas: 180
Editora: Produção Independente
Classificação: 4/5

Quando Ailla, uma garota de 14 anos, descobre sua origem nada convecional seu mundo vira de cabeça para baixo. Uma missão lhe é entregue e de seu sucesso depende todo o universo, todos os mundos, inclusive o nosso. Ao lado de Natasha, sua melhor amiga, do jovem e misterioso empresário Weyne Wizzard e de Ven Hailer, seu fiel e inusitado protetor, ela embarca numa jornada de autoaceitação que pode custar a menina de longos cabelos ruivos, muito mais caro do que ela imagina. Esse é o livro de Estréia da série Ailla e o Luferino, uma obra inteligente criada para surpreender os leitores, levando-os a um universo inovador cheio de magia e suspense, feito para contagiar crianças, adolescentes e adultos!



Ailla, uma adolescente com uma vida perfeita, tem sua vida narrada nesse livro Infanto-Juvenil. Ela tem pais que a amam, uma amiga com quem pode contar sempre, estuda em um ótimo colégio e tem um ursinho, que claro, acompanha ela desde sempre. Esse ursinho tem o nome de Duas Cores devido a cor de seus olhos. Alguns acontecimentos estranhos somados à descobertas, causam uma reviravolta na vida da garota

O livro no começo é um pouco cansativo e infantil, mas depois a leitura vai fluindo, e conforme vamos nos acostumando com o universo criado pelos autores - que é muito inteligente, não queremos mais sair dele. 

Como dito anteriormente, tem algumas partes cansativas, e outras até confusas, onde é necessário ler com muita atenção os diálogos para não se perder, mas tirando isso é um ótimo livro, com muitas surpresas e revelações. 

Ailla e o luferino é repleto de magia, mistérios e reviravoltas.

O livro é bem curtinho e quando menos se espera chega o fim (então, por favor, providenciem o volume 2), fiquei muito na expectativa do que vai acontecer com esse final empolgante com gostinho de quero mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário